31 de dez de 2011

"E ai, 2011 valeu a pena?”

 "PORQUE DESDE A ANTIGUIDADE NÃO SE OUVIU,
 NEM COM OUVIDOS SE PERCEBEU,
 NEM COM OLHOS SE VIU UM DEUS ALEM DE TI,
 QUE TRABALHE PARA AQUELE QUE NELE ESPERA"Is 64:
4

Perdi pessoas que eu achava que não
viveria sem e ganhei pessoas que eu nunca
 imaginei que entrariam em minha vida. 
Ri até chorar, e chorei como se não fosse mais rir.
Chorei. Ah, como eu chorei!
 Errei querendo acertar, e acertei quando 
achei que tinha errado.
 Prometi coisas que não cumpri, e cumpri coisas que nem ao
menos prometi. 
Perdi e ganhei.
Sorri e chorei. 
Me ergui e desabei.
Cresci e amadureci. 
E então volto a perguntar: 
“E ai, 2011 valeu a pena?” 


Valeu muito a pena! 
E convenhamos que se o tempo voltasse, faria
tudo outra vez...ALGUMAS DE FORMA DIFERENTE!
Então...que venha 2012...com muito mais SURPRESAS!!
E QUE SEJAM REPLETAS...DE AMOR...PAZ E FELICIDADES!!
FELIZ ANO TODO!





30 de dez de 2011

Aos Meus Amigos e pessoas que gosto...


Clique aqui e escolha um para o seu Blog ou Site!


Dentro de alguns dias estaremos no último dia 
do ano de 2011...
e depois da meia-noite, virá o Ano Novo...

O engraçado é que - teoricamente - continua tudo igual...
Ainda seremos os mesmos.
Ainda teremos os mesmos amigos.
Alguns o mesmo emprego.
O mesmo parceiro(a).
As mesmas dívidas (emocionais e/ou financeiras).
Ainda seremos fruto das escolhas que fizemos durante a vida.
Ainda seremos as mesmas pessoas que fomos este ano...
A diferença, a sutil diferença, é que quando o relógio nos avisar que
é meia-noite, do dia 31 de dezembro de 2011,
Teremos um ano INTEIRO pela frente!
Um ano novinho em folha!
Como uma página de papel em branco, esperando pelo que iremos escrever.
Um ano para começarmos o que ainda não tivemos força de vontade,
coragem ou fé...
Um ano para perdoarmos um erro, um ano para sermos perdoados dos nossos....
365 dias para fazermos o que quisermos...

Sempre há uma escolha..

E, exatamente por isso, eu desejo que vocês façam as melhores escolhas
que puderem.
Desejo que sorriam o máximo que puderem.
Cantem a música que quiserem.
Beijem muito. Amem mais. Abracem bem apertado.
Durmam com os anjos. Sejam protegidos por eles.
Agradeçam por estarem vivos e terem sempre mais uma chance para recomeçar.
Agradeçam as suas escolhas, pois certas ou não, elas são suas.
E ninguém pode ou deve questioná-las.
Quero agradecer aos amigos que eu tenho:
Aos que me 'acompanham' desde muito tempo.
Aos que eu fiz este ano.(PRINCIPALMENTE)
Aos que eu escrevo pouco, mas lembro muito.
Aos que eu escrevo muito e falo pouco.
Aos que moram longe e não vejo tanto quanto gostaria.
Aos que moram perto e eu vejo sempre.
Aos que me 'seguram', quando penso que vou cair.
Aos que eu dou a mão, quando me pedem ou quando me parecem um pouco perdidos.
Aos que ganham e perdem.
Aos que me parecem fortes e aos que realmente são.
Aos que me parecem anjos, mas estão aqui e me dão a certeza de que
este mundo é mesmo divino e maravilhoso.

Obrigada por fazerem parte da minha história!!!

A todos um MARAVILHOSO 2012, que o momento de festa possa fazer toda a diferença em vossas vidas.
Plantem Paz, Sabedoria, Tolerância e acima de tudo muito Amor e Fé.
Se cuidem e fiquem com Deus, esse ser supremo que rege esse nosso Universo...

“NÃO PODEMOS VOLTAR ATRÁS E FAZER UM NOVO COMEÇO, MAS PODEMOS COMEÇAR AGORA E FAZER UM NOVO FINAL” 

QUE VENHA 2012!!!

FELICIDADES, PAZ E AMOR É O MEU DESEJO.

Clique aqui e escolha um para o seu Blog ou Site!




jesusjaera.blogspot.com

25 de dez de 2011


Image and video hosting by TinyPic" border="0">

Talvez Você Precisava Ouvir Isso

 FILHO EU QUERO TANTO, ENXUGAR TEU PRANTO, TE FAZER SÓ MEU, FILHO EU QUERO SER TEU DEUS



 Deus te ama demais, esqueça seus problemas, seus erros;
 Deus se importa com sua vida, sim, Ele se importa com Você;
 Nunca esqueça disto.
 Ele tem muito pra você,
 Ele pode mudar a tua história, 
 Ele pode te dar vitória. 
 Creia no que Deus tem pra você ♥







20 de dez de 2011

19 de dez de 2011

Zaqueu - O que procurava


E [Zaqueu] procurava ver quem era Jesus (Lucas 19:3)
Jesus Cristo veio a Jericó onde Zaqueu, rico cobrador de impostos, vivia. Mas a riqueza dele não lhe trouxe respeito. Naquela época, os que trabalhavam em posições oficiais contratados pelos romanos e tiravam vantagem de seus concidadãos, estavam entre as pessoas mais desprezadas  pelo povo. Portanto, Zaqueu não conseguia ser feliz de verdade, apesar de ser rico. O que o incomodava de verdade não era a rejeição, mas o fardo que  carregava: sua culpa diante de DEUS.
Agora o Senhor Jesus estava na cidade. Zaqueu ouviu falar dELE; todos comentavam  sobre seus milagres. Mas nem isso o interessava em particular, ele simplesmente tinha de saber quem era Senhor Jesus. O Senhor pregava o perdão dos pecados  e não evitava os coletores de impostos e pecadores.
 Será que era q esperança para gente como Zaqueu? Será que sua vida arruinada podia ser colocada em ordem? Essas eram questões e nas quais ele precisava de certeza. mas não foi tão fácil: havia uma grande multidão cercando o Senhor, e , além disso, Zaqueu era muito baixo, então correu e subiu em uma árvore. isso lhe dava uma visão melhor do Senhor Jesus e o possibilitaria  ouvir  suas palavras . a folhagem da árvore o escondia e, assim, não chamaria a atenção de ninguém.
esse era Zaqueu, um homem que procurava paz e perdão. será que tinha algum plano para encontra-los? o senhor jesus poderia ajuda-lo?  o senhor daria atenção aos odiados pelo povo?



E quando Jesus chegou aquele lugar, olhando para cima, viu-o disse-lhe: Zaqueu, desce depressa, porque hoje me convém pousar em tua casa (Lucas 19:5)


Quando alguem começa sinceramente a procurar o Senhor Jesus e o perdão dos pecados, fica claro que ele mesmo a muito tem sido o procurado pelo Senhor. Zaqueu estava à procura do Senhor Jesus. E o Salvador o procurou, e o achou em seu esconderijo. Nunca tinham se encontrado antes, no entanto, o Salvador o conhecia pelo nome.
O Senhor Jesus sabia onde Zaqueu estava e que tipo de homem era. mas agora Zaqueu descobriu quem  Jesus era: O senhor, que sabia seu nome e, desconsiderando a opinião publica, desejava estar  na casa desse publicano. O Senhor Jesus falou pra Zaqueu descer depressa. O Senhor certamente certamente era o Redentor tão esperado por Israel, o messias  capaz de mudar definitivamente  sua vida! A multidão de hipócrita começou a murmurar disso, mas o Senhor veio expressamente para salvar o perdido, como declarou o proprio Zaqueu: " Hoje veio salvação a esta casa.....Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido"( vv 9-10).  
Se Zaqueu não se considerasse um perdido, se não respondesse`a ordem urgente de descer depressa, teria jogado uma chance eterna, pois o senhor nunca mais voltou a Jericó.
A paz entrou em seu coração e sua historia se tornou fonte de esperança para milhões de pessoas atraves dos seculos.
Ele procurou e acabou encontrando algo que nem seus mais ousados sonhos imaginou encontrar: O SALVADOR DE ISRAEL!!


Créditos:  Boa Semente

1 de dez de 2011

HISTÓRIA DO PATO

1 Pedro 3:12  “Porque os olhos do Senhor estão sobre os justos,
e os seus ouvidos, atentos às suas orações…”




Havia dois irmãos que visitavam seus avós no sítio, nas férias. 
Felipe, o menino, ganhou um estilingue para brincar no mato. Praticava sempre, mas nunca conseguia acertar o alvo. 
Certa tarde viu o pato de estimação da vovó... Em um impulso atirou e acabou acertando o pato na cabeça e o matou. Ele ficou chocado e triste! 
Entrou em pânico e escondeu o pato morto no meio da madeira! 
Beatriz, a sua irmã viu tudo mas não disse nada aos avós.
Após o almoço no dia seguinte, a avó disse: "Beatriz, vamos lavar a louça" Mas ela disse: " Vovó, o Filipe me disse que queria ajudar na cozinha". E olhando para ele sussurrou: "Lembra do pato?" Então o Felipe lavou os pratos.
Mais tarde o vovô perguntou se as crianças queriam pescar e a vovó disse: "Desculpe, mas eu preciso que a Beatriz me ajude a fazer o jantar." Beatriz apenas sorriu e disse, "Está bem, mas o Filipe me disse que queria ajudar hoje", e sussurrou novamente para ele, "Lembra do pato?"
Então a Beatriz foi pescar e Filipe ficou para ajudar.
Após vários dias o Filipe sempre ficava fazendo o trabalho da Beatriz até que ele, finalmente não agüentando mais, confessou para a avó que tinha matado o pato.
A vovó o abraçou e disse: "Querido, eu sei... eu estava na janela e vi tudo, mas porque eu te amo, eu te perdoei. Eu só estava me perguntando quanto tempo você iria deixar a Beatriz fazer você de escravo!"
Qualquer que seja o seu passado, ou o que você tenha feito... (mentir, enganar, seus maus hábitos, ódio, raiva, amargura, etc ).... seja o que for... você precisa saber que Deus estava na janela e viu tudo como aconteceu. Ele conhece toda a sua vida ... Ele quer que você saiba que Ele te ama e que você já está perdoado. Ele está apenas querendo saber quanto tempo você vai deixar o diabo fazer de você um escravo
Deus só está esperando você pedir perdão, Ele não só perdoa, mas Ele se esquece.
É pela graça e misericórdia de Deus que somos salvos. Vá em frente e faça a diferença na vida de alguém hoje. 
Compartilhe esta mensagem com um amigo e lembre-se sempre: Deus está na janela e sabe de tudo!
"A vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a Graça de Deus não irá protegê-lo."

29 de nov de 2011

O LENÇO DOBRADO (João 20:7)

POR QUE JESUS DOBROU O LENÇO? 
O LENÇO DOBRADO  (João 20:7)

Por que Jesus dobrou o lenço que cobria sua cabeça no sepulcro depois de sua ressurreição?
Poucas pessoas haviam detido a atenção a esse detalhe.
Em João 20:7 -  nos diz que o lenço que fora colocado sobre a face de Jesus, não foi apenas deixado de lado, como os lençóis no túmulo.
A Bíblia reserva um versículo inteiro para nos dizer que o lenço foi dobrado cuidadosamente e colocado na cabeceira do túmulo de pedra.

Bem cedo, na manhã de domingo, Maria Madalena foi à tumba e descobriu que a pedra da entrada havia sido removida.
Ela correu ao encontro de Simão Pedro e outro discípulo... aquele que Jesus tanto amara {João} e disse-lhe ela: 
- "Tiraram o corpo do Senhor e eu não sei para onde o levaram."

Pedro e o outro discípulo correram ao túmulo para ver...
O outro discípulo passou à frente de Pedro e lá chegou primeiro.
Ele parou e observou os lençóis, mas ele não entrou no túmulo.
Simão Pedro chegou e entrou. Ele também notou os lençóis ali deixados, enquanto que o lenço que cobrira a face de Jesus estava dobrado, e colocado em outro lado.
Isto é importante? Definitivamente sim! Isto é significante? Certamente que sim!

Parapoder entender a significância do lenço dobrado se faz necessário que entendamos um pouco a respeito da tradição Hebraica daquela época.
O lenço dobrado tem que a ver com o Amo e o Servo, e todo menino Judeu conhecia essa tradição.
Quando o Servo colocava a mesa de jantar para o seu Amo, ele buscava ter certeza em fazê-lo exatamente da maneira que seu Amo queria.
A mesa era colocada perfeitamente, e o Servo esperava, fora da visão do Amo, até que o mesmo terminasse a refeição. 
O Servo não podia se atrever, nunca, a tocar na mesa antes que o Amo tivesse terminado a sua refeição.
Diz a tradição que: ao terminar a refeição, o Amo se levantava, limpava os dedos, a boca e sua barba, e embolava o lenço e o jogava sobre a mesa.
Naquele tempo o lenço embolado queria dizer: "Eu terminei".
No entanto, se o Amo se 
levantasse e deixasse
o lenço dobrado ao
 lado do prato, 
o Servo jamais ousaria
 tocar na mesa porque, 
o lenço dobrado 
queria dizer: 
"Eu voltarei!"

26 de nov de 2011

Surpresas da Vida, quando ELA aparece sem permissão.

Parece que foi ontem, quando tudo começou.

Oscar portador de ELA
Nesta foto foi aniversario da mariana de 6 anos,
1ºSintoma: não movimentava os braços.
Ela ofereceu o primeiro pedaço de bolo à ele.
 ainda não sabíamos a causa de tudo aquilo.



Era começo de março quando meu pai começou a reclamar que estava perdendo a força nas mãos.
Me lembro que ele me levava ao trabalho e reclamava que estava difícil de dirigir, mas eu não acreditava muito nele, juro!, achava que era uma desculpa pra não me levar e eu ter que ir de carro. Como ministrava aula de informatica em uma escola de qualificação, não gostava de ir de carro e deixar o carro estacionado lá na frente, estava tendo muito assalto.
Mas um belo dia, como qualquer outro, meu paizinho foi me levar, eu fui dirigindo como sempre e ele trazia o carro de volta, só que eu parei o carro e puxei o freio de mão e sai, dei tchau e entrei na escola, minutos depois ouvi minha mãe me chamando porque meu pai não conseguia descer o freio de mão. Os dias se passavam e meu pai foi piorando, mas devido a teimosia dele, nem medico podiamos marcar porque ele disse que não iria, mas minha mãe foi convencendo ele ate que aceitou.
Marcou então um ortopedista, ele foi e o medico disse que era problema de nervo, passou uma vitamina, fisioterapia e um ultrason do ombro, meu pai sempre foi sozinho na fisioterapia, pois era pertinho de casa, minha casa é proximo ao hospital Santa casa, e aqui em relação a consultorios medicos tudo fica perto.
Agendou o exame que foi pro final de março e durante esses dias foi fazendo as fisioterapias, só que nada melhorava, só piorava as coisas, ele não conseguia segurar mas nada, pegava uma xicara para tomar café, caia, para almoçar nao era a mão que levava a colher na boca e sim a boca que iria ao encontro da colher.
O ultrason ficou pronto e o resultado foi um rompimento de nervo, que fez ele perder os movimentos dos braços, o medico disse que era só tomar vitaminas e fazer fisioterapia e dar tempo ao tempo, isso porque meu pai na epoca foi sozinho ao medico e não gostava que fossemos juntos, quando eu perguntava: "mas tem cirurgia para isso?", meu pai já dizia que não. Ai comecei a desconfiar que teria cirurgia e ele não queria fazer, pois o medo de medico o apavorava, Foi quando disse que na proxima consulta eu iria com ele, mas ele já reclamou a minha mãe que eu não acreditava nele e por ai vai, marcou retorno e nem fiquei sabendo, quando acordei de manhã, meu pai estava na sala com meu tio, e disse que foi ao retorno e chamou meu tio para ir com ele, pois foram andando e vai se ele caisse na rua, ai teria o Dilino(meu tio) para ampara-lo, fiquei muito brava com ele e disse que iria falar com o medico pra saber se nao teria mesmo cirurgia pra isso, nossa meu pai ficou muito bravo, disse que eu desconfiava de tudo!!!!, resumido meu pai piorou e a vitamina que tomava começou a fazer mal. As coisas só ia piorando, meu pai passou a não dormir mais na cama, pois disse que dava falta de ar quando deitava, pois nao podia mexer os braços para virar de lado,ele começou a
dormir sentado no sofá da sala, passava 24 horas sentado no sofá da sala, suas pernas inchavam e as caimbras eram frequentes, ate para se levantar necessitava de ajuda, e as coisas foram piorando.
Então falei:"vou te levar em outro medico" e ele negou. falei bem séria que iria marcar e se ele não quisesse ir,eu iria sozinha e contaria o que estava acontecendo.
Como ele passou a comer pouco, começou a emagrecer, mas logo minha mãe começou dar comida na boca dele, e o nervoso de não poder fazer nada, Apareceu!!!!
Minha mãe é muito calma e o confortava, compramos uma poltrona do papai para ficar mais confortavel e ele passou a dormir lá, era um pouco na poltrona e um pouco no sofá. Minha mãe passou a não dormir mas a noite, pois ele a chamava muito, a noite as coisas pioravam,falta de ar, caimbras, os nervos pulavam era uma coisa de se apavorar.
 Meio de agosto marquei um outro ortopedista e eu mesma o levei.
Quando entramos no consultorio o medico esticou o braço para dar a mão ao meu pai e tive que auxilia-lo pois os braços já não erguia nem um pouquinho. Começamos a dizer o problema e levei os exames.O medico calado só olhava meu pai e a unica coisa que falou era: "Não estou gostando nada disso". Pediu que tirasse a camisa, e foi ai que percebi que meu paizinho tinha emagrecido muito, eu me assutei da magreza, o medico mandou virar de costas, de lado e falou na lata: " O SENHOR DEVE TER UMA DOENÇA RUIM" , aquilo pra mim soou como uma sentença de morte, eu gelei, meu pai ouvindo aquilo fico imaginando a aflição que sentiu.
Quando se fala em doença ruim, já vem na cabeça Cancer, nossa fui arrasada para casa, o medico disse pra procurar um clinico geral e deu um exame que se chama eletromiografia.
Me lembro que passava madrugadas chorando, uma tristeza se apoderou de mim, eu fiquei desapontada ate com Deus, minha tristeza e angustia era nitida, passava o dia perguntando a DEUS porque? porque Deus? meu pai sempre foi um homem honesto, ótimo pai, marido, avô, sogro, para ele não tinha tempo ruim,acolhia a todos,só quem o conheceu sabe do que falo.
E aquela tristeza cada dia mais, eu revindicava de DEUS os anos que passei orando para meus pais terem uma velhice saudavel, eu não entendia o porque daquilo. Cada dia que passava eu queria um porque de DEUS. Foi quando meu marido me chamou a atenção e me disse:"Não pergunte a DEUS porque e sim para que?".Foi ai que Deus fez eu me lembrar uma oração que a muito tempo eu fiz, eu pedi que queria meu pai salvo, pois meus pais acredita em idolatrias e por mais que eu explique não adianta nada.Já os levei nos cultos, já ouviram a palavra só que não mudam.Me lembro da oração que fiz,falei a DEUS bem assim:"Deus sua palavra diz que todos os joelhos se dobraram a ti, então quero meus pais salvos quando chegar a hora deles partir,O Senhor sabe que para mim é muito dificil ficar sem eles, pois sou muito apelada a eles e sendo filha unica não posso nem pensar em ficar longe deles, Peço Senhor que me prepare para essa hora e me dê forças, pois só de imaginar que um dia vou me separar deles já me deixa aflita, me dê forças para que possa aceitar a partidas deles"e assim finalizei minha oração.
Naquela mesma noite eu tive um sonho,sonhei com minha avó, ela estava na cama chorando e duas tias que já saõ falecidas andava na casa de um lado para outro e eu sentada na cama com minha avó a perguntei porque vó, você chora tanto? e me levantei e fui ate a sala e lá eu vi em um caixão meu avô morto, foi ai que me deu uma tristeza e corri para minha vó e a perguntei: "- Vó vai me dizer?" ela me olhou com aqueles olhos azuis para mim e não me respondeu nada, mas no meu intimo eu sabia que ela dizia que meu pai iria falecer.Ao acordar orei ao Senhor que me desse consolo e consolasse a minha mãe e minhas filhas e orava para meu paizinho não sofrer.
No outro dia marquei o exame e também o clinico, levei meu pai no meu medico pois é um excelente medico.
O clinico pediu exames de sangue, urina, fezes, pulmão, rim, próstata, fez todos os tipos de exames, tinha ate que fazer uma dieta para fazer o exame de fezes.
Fizemos tudo e só esperávamos o dia para fazer o exame eletromiografia que foi marcado para o dia 21/09.
No dia 19/09 a secretaria ligou falando se poderíamos levar meu pai para fazer exame pois uma pessoa faltou e iria encaixar-lo Levei meu pai e ate para andar ele começou ter dificuldades, foi segurando ele e lá arrumei
uma cadeira de rodas pois tinha uma enorme rampa para descer.
Quando ele começou a passar pelo exame, um neurologista que realizava o exame disse assim:" esta ouvindo o barulho, e meu pai falou inocentemente, "sinal que esta bom, pois parece uma moto funcionando". E o medico falou não esta nada bom, Senhor Oscar você esta com uma doença do neurônio motor, eu nao gosto de mentir a pacientes, gosto de deixar tudo muito claro, para não haver duvidas.
E continuou: essa doença não tem cura, o senhor vai perder os movimentos das pernas também, não fica andando sozinho não, pois se o sr cair só vai complicar, olha! não vai me deitar em uma cama e não sair mais de lá, heim? pois assim o srº vai acabar com seu pulmão, cuidado no comer pois pode engasgar.
Meu pai disse que ja estava se engasgando ao beber agua e que sentia fraquezas na perna e muitas caimbras.
O medico foi tao claro, que me lembro que eu perguntei como chamava a doença e o dr disse sei que você vai pesquisar na internet, mas vai com calma, não é tudo que é verdade.Me lembro que ele disse que não adiantaria correr e nem se apavorar, eu me sentindo no chão.
Era uma segunda feira, deixei meu pai em casa e fui ao trabalho pois entro as 18:00, no meu intervalo pesquisei a doença do neurônio motor.
Quase cai da cadeira, não chorei pois tinha meus colegas de trabalhos ao meu lado, eu gelei literalmente.
Não conseguia acreditar que era tudo aquilo, a doença se chama Esclerose Lateral Amiotrófica - ELA.
"Ela, a morte, se faz anunciar da forma mais devastadora e no grau mais arrasador quando a doença se chama Esclerose Lateral Amiotrófica – que numa terrível coincidência tem por sigla justamente a palavra ELA. Pacientes e médicos gelam diante de tal diagnóstico, inaceitável porque ele aponta para um único prognóstico: a morte inexorável e por demais sofrida. Assim, receber a notícia de ser portador de ELA é receber nas mãos, sem apelação à ciência, uma sentença de morte. 
Ao doente, primeiro vai-lhe faltar força muscular para os movimentos mais simples: segurar uma caneta, fechar um zíper, apertar a válvula sanitária, abraçar um filho. Antes disso, ou logo depois dessas manifestações, podem ocorrer também quedas do nada – está-se andando e, de repente, desaba-se. Em poucos meses, a ELA evolui à paulatina e desesperante perda da fala, e ocorresse essa perda abruptamente seria menos chocante do que acontecer por etapas: dificuldade de pronunciar algumas palavras, depois um balbuciar, na sequência um emitir de grunhidos, finalmente a ausência de qualquer som e do mexer dos lábios – com muita saliva escorrendo pelo queixo. Aí vem a impossibilidade de andar, a cabeça insustentável para um pescoço que parece feito de mola, restando ao enfermo somente o movimento dos olhos – com o corpo paralisado, são eles, os olhos, que se tornam mais vivos e inquietos, até porque é através deles que o doente tenta expressar o que lhe vai pela mente. E como fica o cérebro em tudo isso? Como o condenado à morte que caminha lúcido para o patíbulo, o portador de ELA mantém-se com o raciocínio claro. Ele sabe tudo o que está acontecendo porque somente os neurônios que comandam nervos e movimentos se degeneram."
Ao retornar para casa, contei tudo a minha mãe, a carinha dela já expressava a dor, mas disse que DEUS não iria permitir chegar a esse ponto, e a fé dela foi inabalavel confesso, pois eu fiquei tao fria que parecei que não acreditasse em mais nada.
A partir dai meu pai começou a evoluir a doença com muita rapidez, muita mesmo, em uma semana as pernas se enfraqueceram, a cabeça caiu, atrofiou os ombros.
Quando percebi que as coisas estavam piorando rapidamente, fui a uma igreja que empresta cadeira de rodas, emprestei cadeira de banho, cama hospitalar.
Quando cheguei com a cadeira de banho, meu paizinho ate me jogou um beijo, pois estava necessitando muito, me doeu o coração.
Como ele não saia mais da poltrona do papai, disse que também emprestei uma cama hospitalar, colocamos-a no quarto mas dormiu uma só noite e preferiu ficar na sala.
Marquei um neurologista e antes do dia também levei os exames ao clinico, os exames nada deu, tudo normal, ate o exame de pulmão não deu nada, ai o medico explicou que devido o atrofiamento dos músculos o pulmão não tinha força para empurrar e a falta de ar seria constante.
Chegou o dia de leva-lo ao neurologista, apresentei os exames e ele encaminhou para uma resonancia magnética, e quando estávamos saindo ele me disse que estava atrofiando muito rápido.
Como essa doença a previsão de vida é de 2 a 5 anos, e tem algumas pessoas vivem ate mais.
No meu ver essa doença parece que aprisiona o espirito e a alma, num corpo inerte, é muito triste.
A situação cada dia pior, pois estava evoluindo muito rápido, a falta de ar aumentou muito, a voz cada vez mais fraca,quase não se entendia o que falava.
Feito o exame levei ao neuro e o mesmo disse que não era a doença ELA, na resonancia apresentava uma hernia de disco compreensando a medula, nossa ficamos muito feliz, pois teria cirurgia e ele iria ficar bem, foi uma alegria em casa, pena que durou pouco.
O neuro deu um encaminhamento ao neurocirurgião, marquei a consulta e só tinha para o dia 26/10 faltava 15 dias e cada dia pior a situação.
Enfim chegou o dia, meu pai amanheceu com muita falta de ar, a lingua dele pareceia que tinha uma casca em cima, a voz rouca e a dificuldade de falar.
Era 13:30 o medico, para levar meu pai no carro foi um sacrificio, juro que pensei que ele iria morrer ali, grande falta de ar.
Chegou no consultório ele disse se descesse do carro ele não aguentaria, minha mãe ficou com ele no carro e eu fui a consulta, expliquei a medico Dr Marcelo, ele que comanda o setor de neurologia de Limeira e Campinas, podemos dizer que ele é "O Medico", bom apresentei os exames e disse que meu pai estava no carro , pois devido a falta de ar, ele não quis descer, então ele foi consultar meu pai no carro, quando terminou me chamou novamente ao seu consultório e me disse: " - Você vai sair daqui e vai direto leva-lo ao pronto socorro, vou dar uma carta, olha seu pai esta com ELA mesmo, essa hernia que aparece aqui não faria tudo como ele esta, a hernia somente atrofiaria os braços, mas seu pai esta com fasciculações na língua, a falta de ar, os atrofiamento, olha!! não gostaria de estar falando isso a você, juro. Mas seu pai esta no estagio final, vou ser franco com você ele vai dar entrada no hospital, mas acho que ele não sairá vivo de lá", nesta hora desabei a chorar "e o medico falando sei que é triste, no meu ver é a pior doença que existe na face da terra, pois deixa a pessoa inerte com uma sanidade perfeita, olha em uma dessas crises de falta de ar poderá morrer asfixiado".
Saímos do medico e fomos direto ao hospital e lá meu pai deu entrada na UTI, me lembro bem a entrada dele, a carinha dele, pois no meio daquela crise de falta de ar ainda disse que não queria ficar internado não, queria ir para casa. me lembro que falei: "Você vai fazer o que o medico dizer" e ele me olhou com aquele olhar de tristeza e meio me reprovando ou ate implorando me tira daqui.....Ah!! só me lembro seu olhos fixo em mim. minha mãe como sempre ao seu lado dizendo que seria melhor, iria passar toda a falta de ar e o confortando.
Fico imagiando o seu coração apertado diante daquela constatação da doença ELA, ficou passando na minha cabeça o que meu paizinho ouviu, e como seria ouvir uma sentença de morte? Falou-se em caminhar rumo ao patíbulo. Pois bem, esse trajeto dura em média de três a cinco anos (a partir dos primeiros sintomas) quando então todos os músculos do corpo se petrificam e ela, a morte, finalmente vem sob a forma de parada respiratória. Hoje há no Brasil cerca de 14 mil pessoas vivendo esse drama e, no mundo, são aproximadamente 400 mil os que desenvolveram a doença. “Falar a um indivíduo que ele tem ELA é terrível, pois pouco temos a fazer diante da rápida progressão da enfermidade”, diz o pesquisador americano Walter Bradley, da Universidade de Miami, nos EUA.
Me lembro que anos atras ele reclamava que estava perdendo as forças nos braços e câimbras era constantes a noite, mas medico nem pensar, Seu Oscar era contra medicos, o medo era presente quando se falava em médicos.
Era sexta feira, dali fui trabalhar e meu pai não saia da minha mente, lembro bem passei a madrugada chorando, chorei tanto que uma terrível dor de cabeça se manisfestou em mim, não passava com nada, passou sábado, domingo e na segunda a noite foi ao hospital pois a dor estava insuportável, quem me atendeu foi o mesmo medico que atendeu meu pai no pronto socorro, quando ele me perguntou se passei nervoso disse que sim e contei a ele, foi ai que ele me disse que ele era o medico do plantão naquela sexta e conversamos sobre meu pai, ele me esclareceu mais duvidas. Disse que a região bulbar já tinha sido afetada e em uma das crises ele iria morrer, que teria que fazer a traqueostomia, se alimentar por sonda, bom tudo que eu já sabia.
Quando retornei em casa foi pesquisar mais e mais sobre ELA, e comecei a ver depoimentos de pessoas que tiveram pai, mãe, irmãos, tios, etc... Meu Deus!!! a morte é terrível,  morrer asfixia, JESUS, só tinha depoimentos de pessoas que ficaram traumatizados com a morte de seus ente queridos, comecei a orar e pedir a DEUS que não deixasse meu pai morrer assim.
O medico falava que a língua iria atrofiar e eu declarava que não iria, o medico dizia que ele iria se alimentar por sonda e eu declarava em nome de JESUS que ele iria morrer se alimentando normalmente, o medico dizia teria que fazer traqueostomia e eu declarava que não iria precisar. ( Declarava no meu intimo, Eu e DEUS).
Sabe-se que a Esclerose Lateral Amiotrófica é uma doença neurodegenerativa causada pela morte dos neurônios motores, os responsáveis pelo comando da musculatura esquelética. O que não se sabe, porém, é quando a medicina chegará à cura. Hoje, trata-se a doença com intervenções que pretendem diminuir o o desconforto do paciente. Nessa direção há, por exemplo, fisioterapias, uma vez que sem elas o corpo definha ainda mais rapidamente. No campo dos remédios, existe uma substância que tenta proteger os neurônios, o riluzol, cuja eficácia pode ser comparada à de tentarmos nos aquecer vestindo uma camiseta de manga curta sob uma temperatura de 30 graus negativos. Essa carência de remédios leva à seguinte situação: ao contrário de outras doenças graves para as quais se prescrevem medicamentos pelo seu efeito principal, no caso de ELA a medicina se vale dos efeitos colaterais e indesejados. Por exemplo: antidepressivos que secam a boca são úteis porque inibem a excessiva salivação. Quase nada mais tem-se a fazer, a não ser interromper todos os procedimentos quando a morte já se prepara.
 A rotina de todos, doente e cuidador, é estafante: a vida social acaba, o repouso noturno é trocado pela vigília constante, surgem momentos de profunda depressão. Mas, como em tudo na vida, é nos momentos em que ela parece mais frágil que o desânimo dá lugar a lampejos de esperança. “O paciente se entristece, mas tira forças de quem está ao seu lado”, diz a psicóloga Vânia de Castro, do Setor de Investigação em Doenças Neuromusculares da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), referência no tratamento de ELA no Brasil.
Bom meu pai teve alta do hospital no dia 01/11, foi ai que ele não se levantava mais, foi então que perguntamos a ele, se colocássemos a cama hospitalar na sala se aceitava, veio a concordância. 
Meu marido montou a cama na sala, eu no mesmo dia a pedido da minha mãe comprei estilo um colchonete, mas se chama casca de ovo, se coloca encima do colchão para pessoas acamadas, vimos no hospital que a enfermeira disse que iria providenciar para tirar a dor no corpo, e usamos a mesma medida em casa.
Meu marido e eu pegamos meu pai e colocamos na cama e de lá ele não se levantou mais, começou a usar fraldas.
Como sua comida era tudo bem ralo, minha mãe passava tudo no liquidificador, e fazia mingau  vitaminas.
Cada dia mais debilitado, hospital pra ele nem pensar, fazias inalações, bombinhas para falta de ar.
Nossa ele gemia muito eu perguntava, pai ta doendo o braço, o corpo? ele dizia não, ta com falta de ar? não, então porque o pai esta gemendo, "Acho que estou com estresse", ai que dor no coração, meu pai estava com depressão, também não podia nada, ate a fala estava fraca, quase não entendia o que falava.
E oração não faltava, pedindo que ele não sofresse mais do que estava, no domingo dia 13 foi a igreja era santa ceia, e oramos pela família, orei e também disse a DEUS que liberava meu pai, se tivesse chegado a hora dele, mas que não deixasse sofrer em sua partida.
Naquele domingo foi o ultimo domingo que ouvi sua voz, dei o ultimo beijo nele.
No amanhacer para segunda as 06:00 minha mãe foi me chamar dizendo que meu pai estava muito quieto.
Levantamos correndo, quando cheguei a sala meu pai respirava normalmente e seu olhar estava longe, chamos a Help movel, eles vieram imediatamente, mas neste minutos meu paizinho fechou os olhos e não abriu mais.
Minha mãe disse que ele a chamou perfeitamente e pediu água, como ele estava muito suado,pois o calor estava fortissimo naqueles dias, ela pegou um pano umido molhou no chuveiro e passou pelo seu rosto e peito, ela percebeu que seu coração estava disparado.
Como ela percebeu que ele estava quieto, ela perguntou, "Oscar ta com falta de ar?" ele disse: "não, nem um pouco", então porque você esta muito quieto, quer que chamo a help, assim você toma um soro, fica bem, e ele disse: " não, eu estou bem", então porque você esta tão quieto? "estou com muito sono", minha mãe tentou fazer inalação nele e ele não a deixou, disse: "eu estou bem, não to com falta de ar", assim minha maezinha correu me chamar e eu vi com meus próprios olhos ele respirando perfeitamente, na mais completa paz e assim foi parando de respirar aos poucos e partiu.
Um mês antes os pastores vieram na minha casa fazer uma visita a ele, e meu pai aceitou JESUS.
Naquela hora eu senti uma paz tao grande, um conforto enorme, olhava ele deitado ali não acreditava que ele partiu em paz, sem sofrimento.
Não entendia porque todos diziam que seria uma morte horrível e meu pai foi na paz, respiração normal, ate pensei "sera mesmo que era a doença ELA", Pois tudo tao rapido que nem acreditava", dizem que depois do diagnostico a maioria duram 15 meses, alguns 2 anos a 5 anos e meu pai durou nem dois meses depois do diagnostico. não conseguia assimilar tudo.
Como sempre DEUS falou ao meu coração suas orações foram ouvidas.
"Milagre não se explica, se vive, apenas isso".
Meu consolo hoje é porque sei que meu pai esta na Gloria, a saudades é muita, as vezes chego a pensar que ele esta em casa quando chego do serviço, me parece um sonho.....
MAS DEUS FOI FIEL EM TODOS OS MOMENTOS.


‎"PORQUE DESDE A ANTIGUIDADE NÃO SE OUVIU, NEM COM OUVIDOS SE PERCEBEU, NEM COM OLHOS SE VIU UM DEUS ALEM DE TI, QUE TRABALHE PARA AQUELE QUE NELE ESPERA"Is 64:4







14 de set de 2011

ABSOLUTAMENTE IMPRESSIONANTE !!!


De um ponto de vista estritamente matemático: 

O que é igual a 100%?
O que significa dar MAIS que 100%?

Já pensou sobre aquelas pessoas que dizem estar dando mais do que 100%?

Todos já estivemos em situações em que alguém quer que você DÊ MAIS DO QUE 100%.

O que acha de ALCANÇAR 101%?

O que se iguala a 100% na vida?
Aqui está uma pequena fórmula matemática que pode ajudar a responder a essas perguntas:
SE: A B C D E F G H I J K L M N O P
 Q R S T U V W X Y Z
for representado como:
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26.
SE:

H-A-R-D-W-O-R- K (trabalho duro)

8+1+18+4+23+15+18+11 = 98%

e:

K-N-O-W-L-E-D-G-E (conhecimento)

11+14+15+23+12+5+4+7+5 = 96%
Mas:

A-T-T-I-T-U-D-E (atitude)
1+20+20+9+20+21+4+5 = 100%

ENTÃO, veja onde o amor de Deus o levará: 

L-O-V-E-O-F-G-O-D (amor de Deus)
12+15+22+5+15+6+7+15+4 = 101%

Portanto, pode-se concluir com certeza matemática que:

Enquanto Trabalho Duro  e Conhecimento o levarão perto e
 Atitude o levará até lá, é o amor de DEUS que o colocará no topo!

21 de ago de 2011

Gentileza gera gentileza!!!



Conta-se uma história de um empregado em um frigorifico da Noruega.
Certo dia ao término do trabalho, foi inspecionar a câmara frigorifica. Inexplicavelmente, a porta se fechou e ele ficou preso dentro da camara. Bateu na porta com força, gritou por socorro mas ninguém o ouviu, todos já haviam saido para suas casas e era impossível que alguém pudesse escutá-lo.
Já estava quase cinco horas preso, debilitado com a temperatura insuportável.
De repente a porta se abriu e o vigia entrou na câmara e o resgatou com vida.
Depois de salvar a vida do homem, perguntaram ao vigia:

Porque foi abrir a porta da câmara se isto não fazia parte da sua rotina de trabalho ?.
Ele explicou: Trabalho nesta empresa há 35 anos, centenas de empregados entram e saem aqui todos os dias e ele é o único que me cumprimenta ao chegar pela manhã e se despede de mim ao sair.
Hoje pela manhã disse “Bom dia” quando chegou.
Entretanto não se despediu de mim na hora da saída. Imaginei que poderia ter-lhe acontecido algo. Por isto o procurei e o encontrei...
Pergunta: Vc tem feito a diferença prá ser salvo?

20 de ago de 2011

PONTUAÇÃO

'Um homem rico estava muito mal, agonizando. Pediu papel e caneta. Escreveu assim:

'Deixo meus bens a minha irmã não a meu sobrinho jamais será paga a conta do padeiro nada dou aos pobres. '


Morreu antes de fazer a pontuação. A quem deixava a fortuna? Eram quatro concorrentes.


1) O sobrinho fez a seguinte pontuação:

Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.


2) A irmã chegou em seguida. Pontuou assim o escrito:

Deixo meus bens à minha irmã. Não a meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.


3) O padeiro pediu cópia do original. Puxou a brasa pra sardinha dele:

Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.


4) Aí, chegaram os descamisados da cidade. Um deles, sabido, fez esta interpretação:


Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do padeiro? Nada! Dou aos pobres.


Moral da história:

'A vida pode ser interpretada e vivida de diversas maneiras. Nós é que fazemos sua pontuação.

E isso faz toda a diferença... '





 ONDE VOCÊ ESTA COLOCANDO A PONTUAÇÃO EM SUA VIDA, MUITAS VEZES DEUS DÁ OPORTUNIDADE DE PONTUAR CERTO, MAS VOCÊ INSISTE NO PONTO ERRADO............PENSE BEM!!!

31 de jul de 2011

Tudo o que Deus faz é bom !




Há muito tempo, num Reino distante, havia um Rei que não  acreditava na bondade de Deus. Tinha, porém, um súdito 
que sempre lhe lembrava dessa verdade. Em todas situações dizia:
 -- Meu Rei, não desanime, porque Deus é bom !
 Um dia, o Rei saiu para caçar juntamente com seu súdito, e uma fera da floresta atacou o Rei. O súdito conseguiu
matar o animal, porém não evitou que sua Majestade perdesse o dedo mínimo da mão direita.
 O Rei, furioso pelo que havia acontecido, e sem mostrar agradecimento por ter sua vida salva pelos esforços de seu
servo, perguntou a este:
 -- E agora, o que você me diz? Deus e bom? Se Deus fosse bom eu não teria sido atacado, e não teria perdido o meu
dedo.
 O servo respondeu:
 -- Meu Rei, apesar de todas essas coisas, somente posso dizer-lhe que Deus é bom, e que mesmo isso, perder um dedo, é para seu bem!
 O Rei, indignado com a resposta do súdito, mandou que fosse preso na cela mais escura e mais fétida do calabouço.
 Após algum tempo, o Rei saiu novamente para caçar e aconteceu dele ser atacado, desta vez por uma tribo de índios que vivia na selva. Estes índios eram temidos por todos, pois sabia-se que faziam sacrifícios humanos para seus deuses.
 Mal prenderam o Rei, passaram a preparar, cheios de jubilo, o ritual do sacrifício. Quando já estava tudo pronto, e o Rei já estava diante do altar, o sacerdote indígena, ao examinar a vitima, observou furioso:
 -- Este homem não pode ser sacrificado, pois é defeituoso!
 .......Falta-lhe um dedo!"
 E o Rei foi libertado. Ao voltar para o palácio, muito alegre e aliviado, libertou seu súdito e pediu que viesse em sua presença.
 Ao ver o servo, abraçou-o afetuosamente dizendo-lhe:
 -- Meu Caro, Deus foi realmente bom comigo! Você já deve estar sabendo que escapei da morte justamente porque não tinha um dos dedos. Mas ainda tenho em meu coração uma grande duvida:
 Se Deus e tão bom, por que permitiu que você fosse preso da maneira como foi? ....Logo você, que tanto O defendeu!?
 O servo sorriu e disse:
 -- Meu Rei, se eu estivesse junto contigo nessa caçada, certamente seria sacrificado em teu lugar, pois não me falta
dedo algum! 


29 de jul de 2011

O MELHOR TEMPO ESTA POR VIR


Há tempo de nascer, e tempo de morrer;
Tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
Tempo de derrubar, e tempo de edificar;
Tempo de chorar, e tempo de rir;
Tempo de prantear, e tempo de dançar;
Tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntar pedras;
Tempo de abraçar e tempo de afastar-se de abraçar;
Tempo de perder, tempo de guardar;
Tempo de rasgar e tempo de coser;
Tempo de estar calado, e tempo de falar;
Tempo de amar e tempo de odiar;
Tempo de guerra e tempo de paz.
Tudo fez Deus formoso em seu devido tempo…
Eclesiastes 3

Nada melhor como o tempo de DEUS na sua vida,
Não tenha pressa, ELE te dará no momento certo,
tudo o que seu coração desejar e assim como sua alma desejar.
ELE FARÁ.